Ir para o conteúdo
    <li class="asset_articles"><a href="/search/assets?asset=articles"><span class="icon-menu-articles"></span><strong>Artigos</strong></a></li> <li class="asset_people"><a href="/search/assets?asset=people"><span class="icon-menu-people"></span><strong>Pessoas</strong></a></li> <li class="asset_enterprises"><a href="/search/assets?asset=enterprises"><span class="icon-menu-enterprise"></span><strong>Empreendimentos</strong></a></li> <li class="asset_communities"><a href="/search/assets?asset=communities"><span class="icon-menu-community"></span><strong>Comunidades</strong></a></li> <li class="asset_events"><a href="/search/assets?asset=events"><span class="icon-event"></span><strong>Eventos</strong></a></li>
ou

Thin logo

Área de Software Livre da Campus Party BrasilCampus Party Brasil

Divulgação

MiniDebConf Curitiba 2017

fb.com/SLCampusParty

Nossa Rede

Edições anterioress

 Voltar a Blog da Área...
Tela cheia Sugerir um artigo

Governo, Educação e Software Livre

14 de Janeiro de 2012, 0:00 , por Desconhecido - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 688 vezes

Painel: Governo, Educação e Software Livre

 

Participantes:

  • Marlon Feijó Dutra (mediador)
  • Manuel Haro Marquez (México)
  • Carlos Castro (Espanha)
  • Corinto Meffe (Brasil)
  • Cezar Benedito Pierin (FENADADOS)
  • Lincoln de Sousa Primo Clarete (Rio Grande do Sul)

Resumo: Exposição comparativa entre o Projeto de Software Livre que é desenvolvido no governo mexicano e o modelo aplicado pelo governo brasileiro em instituições de educação e empresas. Serão abordadas as estratégias tecnológicas e de desenvolvimento do Projeto, que traz vantagens para estudantes e empresários.

Agenda: 07/02/12 (terça-feira) às 11h00min.

 Vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=u70aDy6VIwQ

 


Tags deste artigo: painel software livre cpbr5 campus party governo educação zona inovação área software livre

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.