Ir para o conteúdo
    <li class="asset_articles"><a href="/search/assets?asset=articles"><span class="icon-menu-articles"></span><strong>Artigos</strong></a></li> <li class="asset_people"><a href="/search/assets?asset=people"><span class="icon-menu-people"></span><strong>Pessoas</strong></a></li> <li class="asset_enterprises"><a href="/search/assets?asset=enterprises"><span class="icon-menu-enterprise"></span><strong>Empreendimentos</strong></a></li> <li class="asset_communities"><a href="/search/assets?asset=communities"><span class="icon-menu-community"></span><strong>Comunidades</strong></a></li> <li class="asset_events"><a href="/search/assets?asset=events"><span class="icon-event"></span><strong>Eventos</strong></a></li>
ou

Thin logo

Área de Software Livre da Campus Party BrasilCampus Party Brasil

Divulgação

MiniDebConf Curitiba 2017

fb.com/SLCampusParty

Nossa Rede

Edições anterioress

 Voltar a Blog da Área...
Tela cheia Sugerir um artigo

GPT: domine a nova geração de tabela de partições de disco

12 de Outubro de 2012, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 761 vezes

Palestra: GPT: domine a nova geração de tabela de partições de disco

Palestrante: João Eriberto Mota Filho

Para seguir: @eribertomota

Mini-currículo: Oficial de Cavalaria do Exército Brasileiro. Gerente de Rede e de Segurança em Rede do Gabinete do Comandante do Exército. Professor da Pós-graduação em Perícia Digital na Universidade Católica de Brasília (UCB). Autor dos livros Linux & Seus Servidores (2000), Pequenas Redes com Microsoft Windows (2001), Descobrindo o Linux (3ª edição em 2012) e Análise e controle de tráfego em redes TCP/IP (em andamento). Líder do Projeto HLBR (hlbr.sf.net) e desenvolvedor em outros projetos. Mantenedor Debian, empacotando diversos programas. Membro do time de Forense do Debian.

 Resumo: O GUID Partition Table (GPT) é um novo modelo de tabela de partição de disco, que faz parte do padrão UEFI, desenvolvido inicialmente pela Intel, como substituição à BIOS tradicional em PC. O GPT é uma realidade atual e emergente, uma vez que o antigo MBR possui limitações e, juntamente com o sistema BIOS tradicional, só permite a utilização de discos de até 2 TB, contra 9 ZB do GPT. A palestra mostrará os detalhes técnicos sobre o GPT, bem como a sua gerência e utilização máquinas com GNU/Linux.

Agenda: 02/02/13 (sábado) - 14h30min às 15h30min

Arquivo usado na apresentação: Apresentações

https://www.youtube.com/watch?v=mh5RE8Hl48s

http://campuse.ro/events/campus-party-brasil-2013/talk/gpt-domine-a-nova-geracao-de-tabela-de-particoes-de-disco

 


Tags deste artigo: gpt cpbr6 campus party