Ir para o conteúdo
    <li class="asset_articles"><a href="/search/assets?asset=articles"><span class="icon-menu-articles"></span><strong>Artigos</strong></a></li> <li class="asset_people"><a href="/search/assets?asset=people"><span class="icon-menu-people"></span><strong>Pessoas</strong></a></li> <li class="asset_enterprises"><a href="/search/assets?asset=enterprises"><span class="icon-menu-enterprise"></span><strong>Empreendimentos</strong></a></li> <li class="asset_communities"><a href="/search/assets?asset=communities"><span class="icon-menu-community"></span><strong>Comunidades</strong></a></li> <li class="asset_events"><a href="/search/assets?asset=events"><span class="icon-event"></span><strong>Eventos</strong></a></li>
ou

Thin logo

Área de Software Livre da Campus Party BrasilCampus Party Brasil

Divulgação

MiniDebConf Curitiba 2017

fb.com/SLCampusParty

Nossa Rede

Edições anterioress

 Voltar a Blog da Área...
Tela cheia Sugerir um artigo

Hacktivismo e Cyberativismo: Guerra Eleitoral na Internet

24 de Outubro de 2012, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 528 vezes

Palestra: Hacktivismo e Cyberativismo: Guerra Eleitoral na Internet

Palestrante: José Antonio Milagre

Para seguir: @periciadigital

Mini-currículo: Perito Especialista em Crimes Digitais, Consultor para a Legaltech Brasil (www.legaltech.com.br), MCSO  (Modulo Certified Security Officer) DSO (Data Security Officer), ITIL Foundation in IT Service Management v2 e v3, Treinamento  CHFI, Treinamento 508 SANS, MBA em Gestão de Tecnologia da Informação, Professor da Pós em Segurança da Informação do SENAC, Professor da Pós em Computação Forense da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Professor de Direito Eletrônico e Inteligência Cibernética na FADISP, Membro Consultor do Comitê de Crimes eletrônicos da OAB/SP, Presidente da Comissão de Propriedade Intelectual e Segurança da Informação da OAB/SP 21a. Subsecção, Diretor do GU de Direito Digital e Cybercrimes da SUCESU-SP. Co-Autor do Livro “Internet: O Encontro de dois mundos”, pela Editora Brasport, ISBN 9788574523705, 2008, Colaborador no Livro “Legislação Criminal Especial”, organizado pelo Professor Luiz Flávio Gomes, Editora RT, 2009, Colaborador no Livro “Manual do Detetive Virtual”, escrito por Wanderson Castilho, Editora Matrix, 2009. Autor do Livro “Guerra Eleitoral na Internet: Manual de Estratégias, conformidade jurídica e melhores práticas para uso da Internet em Eleições”, Editora Edipro/Legaltech, 2012. Colunista nos veículos IMasters, Ecommerce  Brasil, OlharDigital, Pc Magazine Online e Itweb.

Resumo:O Brasil já conta com 84 milhões de usuários de Internet. O país é o quarto com mais empresas conectadas. Somos o terceiro maior país do mundo em número de Internautas. Passamos mais de 61 horas por mês conectados na Internet. A Internet já é a segunda ferramenta utilizada pelo eleitor para decidir seu voto. Pesquisas revelam que 12% dos eleitores utilizam a Internet com prioridade, na hora de formar sua decisão de voto. Poucos partidos, coligações e candidatos despertaram para a importância de um digital team apto a extrair as melhores oportunidades da regulamentação da rede, posicionando e gerando buzz positivo, formando opinião e principalmente, monitorando candidato e oposição, identificando irregularidades e procedendo com denúncias a Justiça Eleitoral. Neste cenário, não basta presença na Internet, mas principalmente, contar com um time de inteligência digital que defina melhores estratégias na rede, fidelize pontos de influência e que principalmente, esteja atento a ação de concorrentes, crackers e golpistas, que em simples atos, podem prejudicar completamente uma campanha eleitoral.  Do mesmo modo, uma militância está apta a lidar com o eleitor 2.0 se conhecer as mídias cidadãs, como ele pensa, e as minúcias da legislação aplicada à rede, com o entendimento dos Tribunais nas experiências eleitorais entre 2008 e 2010. Neste sentido, informar, capacitar a militância demonstra-se fundamental. A presente palestra tem objetivo apresentar o atual cenário do ciberativismo no  Brasil, lançar bases para formar estrategistas digitais, aptos a projetarem, implementarem e desenvolverem ações na rede, bem como traçar o cenário futuro relativo ao hacktivismo, este entendido como elemento essencial ao Estado Democrático de Direito e para proteção do cidadão em face das investidas do Estado.

Agenda: 31/01/13 (quinta-feira) - 20h30min às 21h30min

Arquivo usado na apresentação: em breve

https://www.youtube.com/watch?v=1Nu4XNrcnL0

http://campuse.ro/events/campus-party-brasil-2013/talk/hacktivismo-e-cyberativismo-guerra-eleitoral-na-internet

 


Tags deste artigo: cpbr6 campus party palestra