Ir para o conteúdo
    <li class="asset_articles"><a href="/search/assets?asset=articles"><span class="icon-menu-articles"></span><strong>Artigos</strong></a></li> <li class="asset_people"><a href="/search/assets?asset=people"><span class="icon-menu-people"></span><strong>Pessoas</strong></a></li> <li class="asset_enterprises"><a href="/search/assets?asset=enterprises"><span class="icon-menu-enterprise"></span><strong>Empreendimentos</strong></a></li> <li class="asset_communities"><a href="/search/assets?asset=communities"><span class="icon-menu-community"></span><strong>Comunidades</strong></a></li> <li class="asset_events"><a href="/search/assets?asset=events"><span class="icon-event"></span><strong>Eventos</strong></a></li>
ou

Thin logo

Área de Software Livre da Campus Party BrasilCampus Party Brasil

Divulgação

MiniDebConf Curitiba 2017

fb.com/SLCampusParty

Nossa Rede

Edições anterioress

Tela cheia

Palestra: Porque vender software livre é ainda mais difícil do que parece

15 de Janeiro de 2014, 22:39 , por Paulo Santana - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 200 vezes

Palestra: Porque vender software livre é ainda mais difícil do que parece

Descrição:

Software Livre é um fenômeno com a cara do século XXI. Nasceu
e cresceu com a Internet. É tanto atividade economica quanto movimento
social. Sua população de usuários e desenvolvedores cresce de forma
vertiginosa. E, de maneira similar à revolução da mídia digital, é um
desafio para os processos econômicos e comerciais atuais.

Há mais de 15 anos empresas tentam aproveitar esse novo paradigma para
criar modelos de negócio viáveis. Nesta palestra vamos estudar alguns
casos importantes, e vou compartilhar minha experiência de uma década
tentando vender produtos e serviços baseados em software livre no Brasil
e no mundo.

Palestrante:

Christian Robottom Reis: Mestre em Engenharia de Software pelo ICMC USP São Carlos, e Engenheiro de Computação pela UFSCar, trabalho com Linux e software livre há 15 anos. Sou vice-presidente da Canonical, a empresa que produz o Ubuntu. Na Canonical é responsável pela divisão Hyperscale, focada em tecnologia de alta escala e hardware de alta densidade para datacenters. Sócio-fundador da Async Open Source, empresa dedicada ao desenvolvimento e implantação de soluções de software livre, onde cria e distribui o Stoq, uma solução de gestão comercial e frente de loja totalmente adaptada à legislação fiscal brasileira. Durante anos foi participante ativo em alguns projetos de software livre: Mozilla, Bugzilla, Python e GTK+; é o criador do Kiwi, um framework GUI para Python, e co-autor do IndexedCatalog, um mecanismo de indexação para o ZODB em Python.

Agenda: ter, 28 de janeiro de 2014, 21:45 – 22:45

https://www.youtube.com/watch?v=mcUuiL3gAb8

http://campuse.ro/events/campus-party-brasil-2014/talk/cpbr7-porque-vender-software-livre-e-ainda-mais-dificil-do-que-parece

 



0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.